Villas&Golfe Moçambique
· Viagem · · T. Redação

Rwanda

Pelos mistérios dos gorilas

PMmedia Pub.

Nesta viagem da Villas&Golfe pensamos estar certos de que todos se recordarão do lendário filme que narra o percurso de Dian Fossey, até aos confins dos gorilas de costas prateadas, num país africano, com montanhas e terras firmes, onde se vive a natureza e a paz. Falamos de Rwanda e, mais uma vez, queremos levá-lo connosco neste itinerário. 
Na época colonial, era conhecido pela terra das mil colinas, mas também são muitas as referências às empolgantes montanhas florestais, que mais parecem levar o país a um universo inarrável. Se o compararmos com outros países equatoriais, ele encontra-se a uma altitude incomum. Apresenta um clima tropical temperado, as montanhas dominam o centro e a zona ocidental do país, e os picos mais altos ficam a noroeste, nomeadamente o «Monte Karisimbi», que alcança os 4507 metros de altitude.
Nas montanhas de Virunga, localizadas no Parque Nacional dos Vulcões – declarado como primeiro parque nacional de África, em 1925, e como Património Mundial pela UNESCO em 1979 –, o encontro será com os gorilas de montanha, os machos ou gorilas de dorso prateado, como também são conhecidos. De olhar inteligente e sempre a recordar que com eles partilhamos cerca de 98% do mesmo ADN, os gorilas de montanha estabelecem entre si relações sociais fortíssimas. Habitualmente vivem 35 anos na natureza, mas deprimem-se bastante. Reservados e um tanto tímidos, tal como os humanos, são no entanto pacíficos e liberais para quem os visita no seu habitat.

Dian Fossey foi a investigadora que dedicou a vida ao estudo dos gorilas de dorso prateado. Estabeleceu fortes ligações sociais e afetivas com uma comunidade local e defendeu sempre a proteção e preservação da espécie, tendo perdido a vida num acampamento, quando vivia para esta causa. 
Atualmente, os gorilas de montanha são a principal atração do país. Segundo o World Wild Fund, é no Rwanda que habita um terço desta espécie. Para quem se atreva à subida, esta é uma experiência verdadeiramente única, exclusiva, e a não perder.
Mas este país não se resume à observação de gorilas. Na verdade, qualquer um dos parques naturais basta para encantar qualquer apreciador de natureza. O Parque Nacional de Akagera, a duas horas de carro da capital Kigali, é outro ponto a visitar. É um pântano protegido, sendo o único onde é possível observar os Big Five. Os lagos, os pântanos, as savanas e as florestas servem de morada a mais de 400 espécies de aves. Já na Floresta de Nyumgwe, a sudoeste, que faz fronteira com o Burundi, a sul, e a República Democrática do Congo, a oeste, está representado o melhor exemplo de preservação de florestas na montanha ao longo de toda a África Central (florestas de bambus, prados, pântanos e brejos).
De igual modo, o lago Kivu, cercado por colinas íngremes e verdejantes, é local de paragem. Ao longo das margens encontramos a cidade de Gisenyi, próxima do Parque Nacional dos Vulcões. Na costa de praia deparamo-nos com os hotéis coloniais Kibuye, onde é possível praticar desportos aquáticos, e Cyangugu, que fica mais próximo da Floresta Nyungwe e cuja paisagem é o ex-libris da região. Ainda no decorrer do lago, mas mais afastados da povoação, é possível notar uma antiga tradição de África: os pescadores a navegar em canoas construídas com o mesmo design de há séculos e as mulheres com vestes coloridas e alegres a fumar cachimbos de madeira.
O país merece certamente uma visita. Em silêncio, os milhares de colinas continuam à espera, assim como os gigantes gorilas do Virunga, que do cimo das montanhas nos transmitem tranquilidade e paz.

Programa VILLAS&GOLFE – Rwanda

Contacto para reservas:

villasegolfe@villasegolfe.com ou travel@across.pt

Kigali | Gisenyi | Ruhengeri | Bwindi Imp. Forest | Queen Elizabeth | Entebbe
(Tour Code PS – ACRS0001)


13 Dias / 10 Noites

Voos Previstos:

LH1167 W LISFRA 1215 1620
ET 707 Q FRAADD 2135 0625+1
ET 817 Q ADDKGL 1110 1240
ET 335 T EBBADD 1845 2050
ET 706 T ADDFRA 2340 0510+1
LH1166 S FRALIS 0920 1120

Dia 1 – Lisboa / Frankfurt / Addis Ababa / Kigali
Comparência no aeroporto três horas antes do voo programado. Partida em voo da Ethiopian Airlines com destino a Kigali. Refeições e noite a bordo.

Dia 2 – Kigali
Chegada a Kigali. Transfer para o hotel. Alojamento no Kigali Serena Hotel em regime de pequeno-almoço.

Dia 3 – Kigali / Gisenyi
Tour da cidade e do Museu Memorial do Genocídio. Visita ao Lago Kivu – Gisenyi, passando por plantações de café, chá e banana. Jantar e alojamento no Lago Kivu Serena Hotel.

Dia 4 – Gisenyi
Dia inteiramente livre para desfrutar do Lago. Alojamento no Lago Kivu Serena Hotel em regime de pensão completa.

Dia 5 – Lake Kivu / Ruhengeri
Saída para leste até Ruhengeri (47 km, aproximadamente 2 horas de carro), a capital do distrito de Musanze. Jantar e alojamento no Gorilla Mountain View Lodge.

Dia 6 – Ruhengeri – Gorilla Trekking
Início do tracking para ver os gorilas. Alojamento no Gorilla Mountain View Lodge.

Dia 7 – Ruhengeri / Bwindi Impenetrable Forest Reserve
Transfer por estrada (4h) para o Uganda. Entrada na Bwindi Impenetrable Forest. Jantar e alojamento no Engagi Lodge.

Dia 8 – Bwindi Impenetrable Forest
Oportunidade de ver os gorilas de montanha do Uganda. Jantar e alojamento no Engagi Lodge.

Dia 9 – Bwindi Impenetrable Forest / Queen Elizabeth National Park
Transfer para o Parque Nacional Queen Elizabeth com almoço picnic. Jantar e alojamento no Mweya Safari Lodge.

Dia 10 – Queen Elizabeth National Park
Saída para safari pela área de Kasenyi, dentro do Parque Nacional Queen Elisabeth. Saída para um passeio de barco no Kazinga Channel. Jantar e alojamento no Mweya Safari Lodge.

Dia 11 – Queen Elizabeth National Park / Entebbe
Viagem até Entebbe. Alojamento no Lake Heights Hotel em regime de pequeno-almoço.

Dia 12 – Entebbe / Addis Ababa / Frankfurt
De acordo com o seu voo, transfer para o aeroporto. Início da viagem de regresso a Lisboa. Refeições e noite a bordo. 

Dia 13 – Frankfurt / Lisboa
Em Frankfurt, mudança de avião e voo com destino a Lisboa. Chegada ao aeroporto Humberto Delgado pelas 11h20.

PREÇOS POR PESSOA:

Até 30 de junho 2019 – Partidas diárias

1 pessoa
€ 10.070,00

2 Pessoas
€ 7.900,00

3 Pessoas
€ 7.180,00

4 Pessoas
€ 6.815,00

5 Pessoas
€ 6.600,00

6 Pessoas
€ 6.470,00

SUPL. Single
€ 750,00

*1 Pessoa a viajar sozinha suplemento de single incluído.

SUPLEMENTOS AÉREOS
Suplemento de tarifa aérea em outras classes, por favor, consulte-nos.
Suplemento de tarifa aérea em outras épocas (09 a 30 junho), por favor, consulte-nos.

OS PREÇOS INCLUEM
– Voos intercontinentais com a Ethiopian Airlines em classe Q (na ida) e classe T (na volta)
– Taxas de aeroporto no valor de € 462,00 net por pessoa e sujeitas a alteração
– Uso partilhado de carros de safari
– Guia-motorista Inglês
– Transporte aeroporto / hotel / aeroporto
– Estadia e regime alimentar de acordo com o acima mencionado
Permits para Gorilas no Rwanda e Gorilas no Uganda
– Safaris fotográficos especificados no itinerário
– Entradas nos parques
– Garrafa de água mineral durante os safaris
– Seguro de viagem
– Iva, Taxas Hoteleiras, Taxas de Turismo e Serviço

OS PREÇOS NÃO INCLUEM
– Obtenção de visto para o Uganda em Visa/Permit Application System
– Obtenção de Visto para o Rwanda em Online visa applications
– Extras de caráter pessoal, tais como: chamadas telefónicas, serviço de bar, lavandaria, etc.
– Gratificações a bagageiros (UDS$ 1.00 por mala), motoristas/guias (USD$ 5.00 a $10.00 por pessoa e por dia) e pessoal dos hotéis/lodges (USD$ 2.00 a $4.00 por pessoa e por dia)
– Qualquer outro serviço não especificado no presente orçamento
– Bebidas durante as refeições

NOTA: 
Os permits terão que ser pagos 6 dias após a confirmação da reserva. Os permits são pessoais e intransmissíveis e não reembolsáveis. Após a compra não permitem nenhuma alteração e o seu cancelamento está sujeito a 100% de gastos. No momento da reserva é necessário o scanner do passaporte com pelo menos 6 meses de validade. Não são permitidas crianças com menos de 15 anos.

NOTAS IMPORTANTES:
É obrigatório passaporte com validade mínima de 6 meses e com pelo menos 4 páginas em branco. Não é exigido qualquer certificado de vacinação, exceto contra a cólera e a febre-amarela aos passageiros procedentes ou que tenham estado nos últimos 10 meses em países onde aquelas doenças sejam endémicas. Deve ser providenciado até 10 dias antes do embarque.
Recomendada a profilaxia da malária e o uso de repelente de insetos. Para mais informações sobre saúde, regime de entrada, etc., consulte: Portal das Comunidades.
Apenas se deve levar malas maleáveis. Recomenda-se a utilização de roupas de cor ‘safari’ (bege, caqui, castanho e verde pastel). Nos voos internos o limite de bagagem é de 15Kg por pessoa (incluindo mala de mão). Todo o excesso de bagagem será cobrado pela companhia aérea no momento do check-in.
Este programa não obriga a um mínimo de participantes.
Os valores mencionados poderão sofrer alguma modificação caso se verifiquem alterações cambiais significativas e/ou aumento das tarifas aéreas e respetivas taxas bem como a alteração do número mínimo de participantes ou qualquer outro custo relacionado com a viagem e que repercuta proporcionalmente no preço final da mesma.
Se, de acordo com a disponibilidade no ato de reserva, não for possível confirmar a companhia ou classe prevista no preço base, será sempre oferecida a melhor alternativa disponível em termos de horários e preços e indicado o respetivo suplemento.

CONDIÇÕES GERAIS
Clique aqui: Condições Gerais

Redação
T. Redação